Se você gosta de estar em contato com a natureza, apreciar belas vistas e renovar as energias em cachoeiras, corredeiras e rios, Lumiar, o distrito de Nova Friburgo, pode ser uma boa alternativa.

O local, que está situado na região serrana do estado do Rio de Janeiro, reúne não só as atrações mencionadas no parágrafo acima, mas também cenários românticos e ótimos restaurantes. Que tal aproveitá-los na companhia de alguém especial? Confira o post e veja tudo o que precisa saber antes de viajar para Lumiar!

O clima e a altitude de Lumiar

O distrito está situado a 700 metros de altitude, e, por conta disso, as temperaturas variam entre 10 e 36 graus. Assim, Lumiar pode apresentar baixas temperaturas no inverno, o que torna o clima bem aconchegante.

Já no verão, os dias não são tão quentes — o que torna as atividades ao ar livre muito agradáveis e prazerosas. No entanto, para aproveitá-las completamente, lembre de checar a previsão do tempo antes da visita para que não seja impedido pelas chuvas!

A história do local 

A história de Lumiar tem início com a Vila de Nova Friburgo, em 3 de janeiro de 1820, que foi quando D. João VI designou o local para receber colonos chegados da Suíça.
Contudo, aproximadamente dois anos depois da data, os suíços começaram a abandonar o projeto, pois encontraram dificuldades de cultivo nas terras disponibilizadas a eles.

Com isso, alguns deles se aventuraram por outras terras da região, tais quais São José do Ribeirão, Bom Jardim, Barra Alegre, Santo Antônio e Lumiar. Assim, Lumiar foi fundada aproximadamente no ano de 1828 por famílias suíças. E por conta dessa influência, a arquitetura do lugar é muito parecida com a arquitetura do país europeu. Vale a pena conferir!

Os pontos turísticos

As cachoeiras de Lumiar são um espetáculo e perfeitas para quem quer curtir a natureza a dois. Saiba mais sobre as principais e conheça alguns outros atrativos da região:

Indiana Jones

Essa cachoeira é uma das mais conhecidas e tem esse nome por se tratar de um cânion estreito, que termina em um escorregador natural.

Cascata de São José

Essa cascata conta com 15 metros de quedas — ou seja, um banho e tanto! —, que formam uma super ducha. 

Toca da Onça

Um ambiente mais familiar, que conta com piscinas naturais e restaurantes. Uma boa pedida para um mergulho seguido de um bom almoço!

Poço Feio

É também conhecida como “Praia de Lumiar” — isso porque apresenta uma faixa de areia, e isso lembra uma praia. Com as águas mansas, o lugar também conta com restaurantes e tirolesa, além de ser acessível de carro.

Esportes radicais

E se você ainda quiser aproveitar a vida com muita adrenalina e aventura, também há os esportes radicais! Na queda Paraíso Vertical (trata-se de uma queda de 35 metros!), você pode praticar o cascading.

Além disso, os rios Macaé e Bonito são perfeitos para a prática do rafting e da canoagem.

Vida noturna

Ademais, para curtir a noite, há vários bares e restaurantes com música ao vivo, drinks e tira-gostos — basta buscar o que mais tem a sua cara e curtir muito!

Agora que você já sabe essas dicas, viajar para Lumiar ficou ainda mais fácil! Que tal começar a programar a sua viagem para o próximo período livre que tiver?

E, para mais dicas de viagens e pontos turísticos, siga-nos nas nossas redes sociais — estamos no Facebook e no Twitter! Vamos lá!